O melhor conteudo da Internet a um simples click

.Categorias

. imagens humor(22)

. ciências exactas(15)

. videos humor(14)

. anedotas(11)

. outros(9)

. artigos cientificos(6)

. ciências ocultas(5)

. ilusoes de optica(5)

. video desporto(5)

. videos(4)

. entretinimento(3)

. outros videos(3)

. videos acidentes(3)

. desafios\quebra cabeças(2)

. montagens photoshop(2)

. noticias(2)

. teoria da conspiraçao(2)

. cinema(1)

. frases e pensamentos(1)

. ilusões de óptica(1)

. imagens acidentes(1)

. jogos(1)

. todas as tags

Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Sono não é levado a sério



«As pessoas, até há pouco tempo, acreditavam que o sono era uma fase inactiva do nosso dia-a-dia, era como desligar um botão, mas agora sabe-se que é um factor essencial para uma vida saudável», afirmou hoje João Carlos Winck, em declarações à Lusa.

«O sono é a fábrica da vida». Nele «decorrem várias actividades que nos vão ajudar durante o dia, por isso é tão importante», alertou o especialista da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP). «O sono não tem sido levado a sério», considera.

«O problema é que a duração média do sono passou nos últimos anos de umas razoáveis nove horas para apenas sete e há muita gente que não dorme mais do que cinco horas por noite», sublinha.

«Dívida de sono»

As consequências desta «dívida de sono» traduzem-se, segundo o responsável, num aumento da probabilidade de sofrer doenças cardíacas, estando também a ser estudada a influência que exerce na gravidez e nas alterações hormonais que podem levar à obesidade.

Um dos problemas que actualmente se colocam, segundo João Carlos Winck, é a necessidade de sensibilizar os profissionais de saúde para a importância de um diagnóstico precoce. «Ainda não está nos hábitos perguntar ao doente como é que ele dorme», salientou o investigador.

Consequências

Uma das principais perturbações é a apneia do sono, que se caracteriza pelo ressonar intenso, associado a paragens respiratórias e a sonolência excessiva durante o dia.

Para o especialista, «muitos dos acidentes de viação estão relacionados com sonolência, o que pode ter a ver com situações de apneia não diagnosticadas», que também tem riscos cardiovasculares».

O tema será discutido amanhã numa reunião entre especialistas das universidades do Porto e de S. Paulo, Brasil, no âmbito de um protocolo que visa projectos de investigação comuns nesta área. O encontro terá lugar na Aula Magna da FMUP.
Categorias:
publicado por Hernani às 01:14
link do post | comentar | favorito

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links